Quatorze pessoas denunciam golpe imobiliário; Polícia Civil investiga possível estelionato - Conecta Paraíba

Últimas Notícias

quarta-feira, 8 de julho de 2020

Quatorze pessoas denunciam golpe imobiliário; Polícia Civil investiga possível estelionato

Pessoas pagaram entrada para a construção de casas, que nunca foram iniciadas

Construção das casas prometidas não foi iniciada - foto: Ilustrativa/Reprodução

A Polícia Civil de Campina Grande investiga um empresário da construção civil e corretores de uma imobiliária por possível estelionato. De acordo com o delegado Jerônimo Barreto, foram recebidas denúncias de 14 pessoas que alegam ter entregado dinheiro, ou imóveis usados, como entrada para a compra de casas na planta, que nunca tiveram a construção iniciada.


O delegado explicou ao ClickPB que, devido à Lei de Abuso de Autoridade, não pode divulgar os nomes das pessoas e empresas investigadas, mas confirmou que está com 14 inquéritos abertos para investigação.


De acordo com Jerônimo Barreto, os inquéritos investigam se houve estelionato, situação da esfera criminal, ou apenas quebra de contrato, que seria da esfera cível. ''O que caracteriza o estelionato é o dolo. Uma coisa é você fazer algo com a intenção de enganar e prejudicar a outra pessoa, mas quando você, por uma dificuldade financeira ou outro problema não consegue terminar a obra prometida, é outra situação'', disse.


Mensagens que estão sendo compartilhadas nas redes sociais afirmam que mais de 40 famílias foram prejudicadas pelo suposto golpe. O delegado informou, porém, que até o momento só recebeu 14 denúncias.


Sobre a possível devolução dos valores investidos pelas vítimas, Jerônimo Barreto disse que a polícia não faz esse tipo de intermediação, que teria que ser resolvida na vara cível, ou em acordo entre as partes. Segundo ele, o papel da polícia nesse caso é apenas investigar se houve o estelionato para que se possa proceder com a punição.


ClickPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas