Após três semanas foragida, mulher de Queiroz se apresenta à polícia para cumprir prisão domiciliar - Conecta Paraíba

Últimas Notícias

sábado, 11 de julho de 2020

Após três semanas foragida, mulher de Queiroz se apresenta à polícia para cumprir prisão domiciliar

Márcia estava foragida desde o dia 18 de junho

Foto: reprodução/Facebook

Foragida desde 18 de junho, Márcia Aguiar, a mulher do policial militar aposentado Fabrício Queiroz, apresentou-se à polícia na noite desta sexta-feira (10) e já está ao lado do marido, onde cumprem prisão domiciliar, segundo afirmou Paulo Emílio Catta Petra, advogado de Fabrício Queiroz, na manhã desde sábado (11).


O casal, que não tinha residência declarada, viverá agora em um apartamento no bairro da Taquara, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ambos terão que utilizar tornozeleiras eletrônicas e não poderão entrar em contato com outras pessoas.


Márcia estava foragida desde o dia 18 de junho, até que uma decisão do presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), João Otávio de Noronha, lhe concedeu prisão domiciliar. A justificativa do magistrado foi que a mulher precisaria cuidar do marido, que faz tratamento contra um câncer.


“Consta dos autos exame patológico de Fabricio Queiroz em que foi recomendado acompanhamento e monitoramento oncológico próximo e constante com exame clínico, radiografia de pulmão, tomografia de abdome total e exames laboratoriais nos primeiros cinco anos após a cirurgia”, afirmou o ministro Noronha em trecho da decisão.


Blog do BG com informações de Folha e CNN Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas