Homem é condenado após agredir ex-companheira por causa de foto no WhatsApp, em Remígio - Conecta Paraíba

Últimas Notícias

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Homem é condenado após agredir ex-companheira por causa de foto no WhatsApp, em Remígio

Réu negou o crime e disse que lesões da vítima teriam sido causadas por 'espírito'
Imagem ilustrativa
Um homem foi condenado a oito meses e 10 dias de prisão, em regime aberto, por agredir com chutes e arranhões a ex-companheira, após ela ter recebido uma foto através do aplicativo de mensagens WhatsApp. O caso aconteceu no dia 11 de agosto de 2018, em um bar na cidade de Remígio, no Brejo paraibano. Cabe recurso da decisão.

Em depoimento à polícia, a vítima disse que o homem foi até residência dela convidá-la para ir até o bar para uma reconciliação, mas ele se irritou ao perceber que uma pessoa tinha encaminhado uma foto para ela e passou a agredir a mulher fisicamente e a fazer ameaças.

O réu negou ter agredido a ex-companheira e declarou que as lesões constatadas em seu corpo foram feitas por um “espírito” que teria se apoderado dela durante a discussão.

Conforme a sentença da juíza Juliana Dantas de Almeida, as provas produzidas pela acusação não deixam dúvidas do crime.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas